quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Nota do Sanatório Geral

É com muita saudade e também com o contentamento de ter participado da história do carnaval de Fortaleza e, sobretudo, da alegria de tantas pessoas que tornamos pública a decisão de não mais botar o Bloco Sanatório Geral na rua. Saímos de boa conosco e, sobretudo, com os brincantes que deram existência ao Bloco. Hoje queremos dizer do desfecho e do que para nós foi o fundamento do Bloco e, cremos, de todos os laços que dele surgiram.

O Sanatório nasceu da convergência espontânea de desejos, dessas que só o não-sabido da vida é capaz de produzir. Somos uma geração cujas infâncias foram tecidas nas festas do interior: dizemos do interior do Nordeste e do interior de cada um de nós. Portanto, os carnavais do Moraes Moreira, as brincadeiras de rua, a infância criativa e as memórias por escrever foram pássaros que pousaram no mesmo fio que nos conduziria ao Sanatório Geral. Somos filhos de um tempo e, portanto, filhos de um fluxo.

Se dizemos isso, é porque os motivos que levaram à revoada dizem respeito principalmente às re-evoluções que se fizeram na vida singular e concreta de cada um de nós. Nesses dez anos, muita gente chegou, muita gente partiu, mães e pais surgiram, casais se desenlaçaram e amores se encontraram. Fizemos também diversas escolhas e aceitamos assim as consequências e efeitos delas. Acertamos muito e erramos muito também. Mas chegou o tempo em que os problemas que sempre acompanharam o fazer do Bloco pesaram demais sobre o coletivo que lhe animou por dez anos e a alegria deixou de ser a prova dos nove.  O que queremos evidenciar neste momento não são os problemas, que já são pra lá de sabidos e divulgados, mas o esgotamento que a renitência e insolubilidade deles impôs ao grupo criador. O Sanatório nunca foi dado a mimimis ou barganhas. Se hoje anunciamos o encerramento do Bloco, é porque de fato se esgotaram todas as nossas possibilidades de fazê-lo com a leveza e a artesania que teciam sua natureza.

Nos despedimos com a voz embargada, com muitos curtas-metragens passando em cada linha desse texto. São sonhos, desejos e vidas que se escreveram e, acreditamos, continuarão se multiplicando e se escrevendo com a tinta fina da liberdade de deixar viver o que cada um é. 

Bloco Carnavalesco Sanatório Geral

27/12/2016

27 comentários:

  1. Vcs vão deixar muitas saudades!
    Resgataram a alegria de geracoes que dividiam o mesmo espaço e ansiavam pelo domingo e terça de carnaval!
    Precisava deixar o meu muito obrigada!

    ResponderExcluir
  2. Muito feliz de ter participado da história deste bloco de carnaval. Que tudo se transforme em alegria. Felicidades para vcs todos!

    ResponderExcluir
  3. "A liberdade é deixar viver o que a gente é!"

    ResponderExcluir
  4. É com pesar q compartilho essa informação. Foram anos felizes de um carnaval sadio. Concordo q ano passado foi impraticável. Já estou com saudades... Sanatório Geral 😢😢😢

    ResponderExcluir
  5. E assim o carnaval de nossa cidade vai chegando ao fim. SAUDADE E TRISTEZA.

    ResponderExcluir
  6. Agradecer a todos componentes do bloco por tanta alegria que nos proporcionaram!

    ResponderExcluir
  7. Só tenho a agradecer. Durante muito tempo não fui de folia de carnaval, foi o sanatório um dos blocos que me deu essa dimensão. Sinto apenas gratidão é uma imensa tristeza. Como alguém já falou, que tudo se transforme em alegria. Abraços.

    ResponderExcluir
  8. Não consigo ficar bem com essa notícia. Uma das poucas garantias de alegria em um ano tão doloroso, agora se foi, lamentável.

    ResponderExcluir
  9. Não consigo ficar bem com essa notícia. Uma das poucas garantias de alegria em um ano tão doloroso, agora se foi, lamentável.

    ResponderExcluir
  10. vAMOS FAZER UMA VAQUINHA ONLINE PRO BLOCO FICAR! 2016 VAI LEVAR O NOSSO MELHOR CARNAVAL?

    ResponderExcluir
  11. Obrigado pela alegria, pela liberdade e pela sensação de "pequena Olinda" que tínhamos ao seguir a lagarta de fogo. Por mais lagartas em nossa vida..

    ResponderExcluir
  12. Entendemos os motivos. E lamentamos muitissimo a ausência do melhor bloco! :*

    ResponderExcluir
  13. É lamentável o "término" de um bloco que nos trouxe tantas alegrias. Eu quero acreditar que seja só um carnaval sem o sanatório, mas quem em 2018 o tenhamos novamente. #ficasanatorio

    ResponderExcluir
  14. Financiamento coletivo seria muito válido. Considerem a possibilidade. Eu coloco dinheiro com certeza.

    ResponderExcluir
  15. "Aqui só tem anjo torto, é legal! Loucura é cura pra qualquer normal! A liberdade é deixar viver o que a gente é!".
    Estou no Sanatório desde a sua estreia. Cada um de nós, que vivemos o Sanatório, sabe o que ele representa em nossas vidas, fazendo frente a toda normalidade opressora, trazendo loucura para curar qualquer normal. Na minha vida, entre muitas coisas, o Sanatório é alegria, amizade e liberdade. Vá embora, não, meu Sanatório! Tu és a nossa loucura! Tu és Geral. <3 <3 <3

    ResponderExcluir
  16. Partir. Acabar também é lindo. Obrigado pelos momentos devaneiantes de dança provocadas por tantos bons encontros no bloco! Que mais propostas surjam!

    ResponderExcluir
  17. Isso não pode ser! Poxa, realmente esse ano de 2016 foi um grande baque. Até tu Sanatório ? abandonarás todos nós ?
    =~~~~~~~~ ou então só mais um ano

    ResponderExcluir